SAMU 192

O QUE É O SAMU 192

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu/192) é um programa que tem como finalidade prestar o socorro à população em casos de emergência. Com o Samu/192, o governo federal está reduzindo o número de óbitos, o tempo de internação em hospitais e as seqüelas decorrentes da falta de socorro precoce. O serviço funciona 24 horas por dia com equipes de profissionais de saúde, como médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e socorristas que atendem às urgências de natureza traumática, clínica, pediátrica, cirúrgica, gineco-obstétrica e de saúde mental da população.

O SAMU realiza o atendimento de urgência e emergência em qualquer lugar: residências, locais de trabalho e vias públicas. O socorro é feito após chamada gratuita, feita para o telefone 192. A ligação é atendida por técnicos na Central de Regulação que identificam a emergência e, imediatamente, transferem o telefonema para o médico regulador. Esse profissional faz o diagnóstico da situação e inicia o atendimento no mesmo instante, orientando o paciente, ou a pessoa que fez a chamada, sobre as primeiras ações.

Ao mesmo tempo, o médico regulador avalia qual o melhor procedimento para o paciente: orienta a pessoa a procurar um posto de saúde; designa uma ambulância de suporte básico de vida, com auxiliar de enfermagem e socorrista para o atendimento no local; ou, de acordo com a gravidade do caso, envia uma ambulância de suporte avançado de vida, com médico e enfermeiro. Com poder de autoridade sanitária, o médico regulador comunica a urgência ou emergência aos hospitais públicos e, dessa maneira, reserva leitos para que o atendimento de urgência tenha continuidade.

O SAMU 192 é o principal componente da Política Nacional de Atenção às Urgências, criada em 2003, que tem como finalidade proteger a vida das pessoas e garantir a qualidade no atendimento no SUS. A política tem como foco cinco grandes ações:

  • Organizar o atendimento de urgência nos pronto-atendimentos, unidades básicas de saúde e nas equipes do Programa Saúde da Família.
  • Estruturar o atendimento pré-hospitalar móvel (SAMU 192).
  • Reorganizar as grandes urgências e os pronto-socorros em hospitais.
  • Criar a retaguarda hospitalar para os atendidos nas urgências.
  • Estruturar o atendimento pós-hospitalar.

Fonte: Portal da Saúde – www.saude.gov.br

COMO FUNCIONA O SAMU 192

QUANDO DEVO LIGAR PARA SAMU 192

  • Em casos de problemas cardio-respiratórios;
  • Em casos de Intoxicação exógena;
  • Em caso de queimaduras graves;
  • Em casos de maus tratos;
  • Em trabalhos de parto onde haja risco de morte da mãe ou do feto;
  • Em casos de tentativas de suicídio;
  • Em crises hipertensivas;
  • Quando houver acidentes/traumas com vítimas;
  • Em casos de afogamentos;
  • Em casos de choque elétrico;
  • Em acidentes com produtos perigosos;

Medidas em caso de acidente:

Algumas medidas úteis que contribuem para o atendimento

  • Verifique a quantidade de vítimas, o estado de consciência delas e se alguma delas está presa ás ferragens.
  • Ligue para o 192 e siga as orientações do Médico Regulador.
  • Sinalize as vias galhos de arvore triângulo de sinalização
  • Em caso de acidente com motos: não toque nas vítimas, não retire o capacete.
  • Não dê água aos acidentados

O QUE É A CENTRAL DE REGULAÇÃO

 

Quando o usuário liga gratuitamente para o telefone 192, a ligação é atendida pela Central de Regulação da Rede de Urgência e Emergência, por técnicos em enfermagem que cadastra no sistema de regulação os dados inciais como, nome do solicitante, endereço, nome do paciênte, entre outros dados, assim que o solicitante termina o cadastro ele é transferido imediatamente para o médico regulador. Esse profissional, pode responder em duas maneiras que são adaptadas a cada caso:

Orientação por telefone:Quando a situação do paciente pode ser resolvida por telefone, tanto por uma orientação de encaminhamento como outras orientações.

Deslocamento das viaturas:De acordo com a gravidade da ocorrência, o médico envia a viatura ao local, podendo ser acionada a USB( Unidade de Suporte Básico) composta por técnico em enfermagem e condutor – socorrista, ou a USA (Unidade de Suporte Avançado) composta por médico, enfermeiro e um condutor-socorrista.

Dependendo da situação, a Central aciona o apoio das viaturas da equipe do Corpo de Bombeiros, da Auto-Pista e da Polícia Militar.

A Central de Regulação após o acionamento das unidades, acompanha o atendimento até o seu término, dando apoio a equipe quando necessário e preparando a recepção da porta de entrada dos hospitais referências para garantir o atendimento da urgência.

Após o acionamento das unidades pela regulação médica de urgências do SAMU, independente da decisão tomada, a central de regulação médica de urgência acompanhará o atendimento até seu término, apoiando as equipes quando necessário e preparando a recepção hospitalar adequada ao atendimento da urgência.

municípios consorciados
bases descentralizadas
base ouro
área de atuação